história; Acervo; Arquivo Nacional; arquivologia; revista científica; periódico científico; ciência da informação

Dossiê

v. 34 n. 2 (maio/ago - 2021): História indígena, agência e diálogos interdisciplinares

A prática discursiva potiguara em meio às guerras luso-holandesas: a participação política dos "brasilianos":

Enviado
8 agosto 2020
Publicado
24-06-2021

Resumo

O artigo examina a habilidade escrita dos indígenas desenvolvida no Brasil holandês. A prática discursiva potiguara é analisada a partir das Cartas Tupis entre Camarão e Poti e das Remonstrâncias de Paraopaba, relatos indígenas que demonstram a apropriação da linguagem escrita. Os variados discursos expressam posicionamentos distintos na guerra luso-holandesa, funcionando como importantes vias de participação
política dos brasilianos.

Palavras chave: Brasil holandês; história indígena; prática discursiva potiguara; brasilianos

Downloads

Não há dados estatísticos.